quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Que arde e é vento

Desceu os degraus, de dois, três em três, fazia as paredes de corrimão, cinzas de correr mão e correu voou mesmo e bateu os tornozelos incrivelmente apressados; parou ou pousou na frente do balcão, pediu caneta pro porteiro, desfolegou e mostrou os dentes (sempre me encanta quando faz isso, e usando vestido...!) daí foi na mão mesmo que escreveu: 8 5 2 – 2 4 8 – 9 5 3

(718 - 404 – 1374 telefone público em frente ao salão da Carmem)
"Estou tentando descrevê-lo com a minha foto na mão. Eu sei. Não ... escuta, somos muito parecidos", insistiu Eva. "O quê? Você não está me escutando? Tem um auto-falante fantasiado de alter ego dizendo que você devia agir de forma mais natural?"

Eu queria poder dizer o nome dela que passou as fichas duma mão pra outra, deu bom dia imaginário pra moça da fila, olhou o retrato e se convenceu que nem tão distante se podia enxergar a grandeza da sua precipitação hílare (ainda que com suas suspeitas de trágica). Desocupavam o telefone e se afastavam, ela se tropeçou, agarrou o fone vermelho, telerj, telerj e girou o disco com 8 5 2 – 2 4 8 – 9 5 3 1

Ia dizer no futuro que ensaiara o tom da fala em casa, sala, sozinha, feito peça pro espelho vestindo só calcinha (e calcinha azul de algodão, como deve ser). Disse pra si na unidade lateral da certeza de que sim, cativara o rapaz e o homem. O que disse foi segredo, é só o que importa, mas é segredo. Pedia sobre os desvarios típicos da idade, queria passar suas bermudas, usar seus sabonetes, beijar no escuro a sua idade publicamente respeitosa. Pendurou o fone vermelho da telerj no lugar e voltou correndo ou voando, de pé meio descalço e tudo (e usando vestido...!). Quem olhava rápido vendendo alho roxo, ou atravessando a rua ia achar invariavelmente que ela tinha encontrado um palito da Kibon premiado. Mas eu sabia, eu tive inveja, quis ela pra mim ... até que ela veio.


--
trecho destacado, de Isabella Kantek
(com toda minha admiração)

Um comentário:

Daydream kid disse...

¡Não existe laranja sem limão!

Perfeito (e usando vestido...!)

Beijo, querida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...