domingo, 15 de abril de 2007

Não os deixeis fazer de mim um macaco mordomo


>> antes: eu tinha escrito essa postagem , mas enquanto procurava a imagem correspondente ao título, o PC parou de funcionar, fechou o navegador e todo meu texto reside agora no espaço do des-existente. mas esse é novo.

Isso é um blog (?) (...) (!) (.)
Acredito que eu deva irritar alguns leitores com o quão aleatórios são estes posts (por exemplo, fragmentos de contos que às vezes são muito mal escritos e enfadonhos, como esse aí em baixo). Por definição, num blog devemos encontrar cotidianos narrados por indivíduos que colocam então suas impressões a respeito do que vêem do/no mundo, ou em seus mundos particulares (biography + log = blog). Tudo bem, a gente sabe que alguns blogs por aí acabaram extrapolando a função para qual o primeiro blog foi criado por se tratar d'uma ferramenta tão simples; espaços onde as pessoas podem colocar imagens, comentários sobre essas mesmas imagens, vídeos, artigos, músicas, discussões e o que mais queiram numa página fácil de criar e atualizar.
Daí eu olho pra esse blog e percebo que ele não é nenhuma dessas duas coisas; mas as duas coisas entre outras terceiras e quartas; é uma criação caótica, randômica, literária, sadomasoquista, musical e silogística da minha mente caótica, randômica, literária, sadomasoquista, musical e silogística. Limão Expresso.


Semanário etílico
segunda|| none
terça|| cervejas: ???
local: bar da frente/trote de letras
estavam: ffpeanos
quarta|| cervejas: 4; cachaças: 1 dose com laranja
local: casa, computador
estavam: luana vendo tv, cão branco, pessoas online
quinta|| none
sexta||chopps: 4
local: bar de nome ridículo
estavam: ana luiza, cristiano, zé
obs.:ana luiza planejou guilotinar meu polegar direito na porta do carro
sábado||chopps: 3
local: quisque da brahma
estavam: renata e pablito + batatas sabor peru
obs: a renata é menor e só bebeu coca-cola

Musicática semanal
5. The OffSpring - Americana (eua, 1998)
4. Cheba Djenet - Rani Hkamtek (argélia, 2002)
3. The queen is dead - The Smiths (inglaterra, 1987)
2. Verpertine - Björk (islândia, 2001)
1. The very best of The Smiths - The Smiths (inglaterra, 2001)

Copycat
Essa semana, lendo a página da minha amiga Carola (pra quem finalmente consegui enviar o primeiro tomo do que se parece uma carta) e ela falava irritada sobre uns textos roubados de sua página de romances: publicaram romances escritos pelas associadas do site em outros lugares como tendo outra autoria. Ela chamou o ato de "mais um caso de copycat" e se perguntou "essas pessoas acham que ninguém vai notar?", pois é..notam.
Soube que um punhado de alunos foi reprovados por terem trabalhos gêmeos entre si - com casos univitelinos e bivitelinos. Ora essa, é supreendente que, em plena graduação de história da UERJ, alguns alunos precisem ir ao Google e apelar pro crtl+c, crtl+v, é patético, antiético, anticrístico, um despropósito, em uma coisa: ROUBO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL (em tempo, uma querida amiga minha faz parte do grupo dos reprovados, espero que ela entenda aqui que não é nada pessoal).
Ainda que o curso de História Fluminense I tenha sido oferecido aos trancos e barrancos de cuscus, ministrado por uma professora, pra dizer o mínimo, baratinada, que abandonou o cargo por problemas de saúde e terminado por um professor emergencial; darmos esse tipo de jeitinho, usarmos dessa malandragem, dessa gatunagem copista é endossarmos do lado de cá a balbúrdia e o descaso governamental para com as universidades públicas.

Último feriado
Nem comentei que estive em Rio das Ostras no último feriado com o meu irmão. Minha mãe, como fica muito apreensiva por causa dos problemas de saúde dele, me financiou a passagem, estadia e tudo o mais... Uma ótima, pensei.. precisava realmente tirar uns dias pra arejar a cabeça. Meu irmão não é das melhores companhias e imagino que estou escravizada pelo resto da vida da minha mãe já que ele me viu fumando um inocente Free... as pessoas só se tornam realmente adultas quando seus pais morrem.
Encontrei com a Flávia quase que por coincidência e passamos uma tarde absurdamente agradável - na companhia ainda do Antônio, seu namorado, que é um gentleman , além de fofo. Bom, espero que ela não importe com meus elogios porque são, so far, respeitosíssimos. O encontro foi o alívio que eu precisava há muito tempo; descobri em Rio das Ostras que sofro de isolamento espontâneo mórbido: praia, tequila, moços descartáveis, cerveja congelada, chapéu de palha e ondas levando as minhas coisas... como diria Morrisey, apoiado pelo Zé Roberto.
Sheila faça uma, Sheila faça uma reverência
Dê um chute neste mundo, no escroto, querida

E não vá para casa esta noite

Saia e encontre quem você ama e que ama você

Aquele que você ama e que ama você

É errado não estar sempre alegre?
Não, não é errado – mas eu deveria acrescentar
Como pode alguém tão jovem
Cantar palavras tão tristes?

--
IMAGEM: do CD "Fold your hands, child. You walk like a peasant" do Belle&Sebastian (glasgow: irlanda, 2000), contracapa do encarte. Há nessa imagem a seguinte inscrição, que apareceu aí cortada "Please, don't let them make me be a monkey butler"
MÚSICA: "Sheila take a bow" do The Smiths, a composição é do Steve Morrisey, vocal.

9 comentários:

Ana Luiza Paes Araújo disse...

calúnia! eu não planejei nada. foi tudo um acidente.
que que é, só porque eu tenho cara de árabe eu terei que viver sempre sob suspeita???
Juro que não fiz de propósito, Pri!

Carola Richardson disse...

Recebiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!
tá aqui comigo!!!!!!!!! *abraçando os envelopes gigantes* weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!

"Soube que um punhado de alunos foi reprovados por terem trabalhos gêmeos entre si - com casos univitelinos e bivitelinos" HUAHAUHAUAHAUAHUAHAU. Amei essa parte!

Boas maneiras [como você nunca viu, ouviu ou leu] disse...

Essa coisa de plágio é um problema sério. Raquel de Queiroz plagiou tudo que eu escrevi...aff...aff
Estou aprendendo agora que, mesmo na internet [que quase tudo é permitido] devemos citar de onde tiramos fotos, textos, etc.
Amei o comentário sobre Rio das Ostras.
Beijos, divaaaaaaaa

Davey disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Deco disse...

Des-existente, univitelino e bivitelino, semanário etílilico, pessoas on line e inocente free !!
muito bom !!!
Muito melhor pensar em vc,lendo alguma coisa assim do que aquele texto mórbido anterior !!

Feliz disse...

Vou plagiar o texto da viúva!

Feliz disse...

estou sentindo faltas das suas respostas aos comentários! (não que esse, meu, necessite de resposta, mas...)

Priscilla Santos disse...

achei que ninguém lia.... por isso parei de responder...

Ju disse...

Mente caótica,randômica, literária, sadomasoquista, musical e silogística, mas deveras interessante e agradavel no que produz. Gostei dos contos, um modo bastante pessoal e interessante de escrever...
Só uma coisa a dizer dona Priscilla, é uma pena a oportunidade de conhecê-la melhor ser tão tardia, mas, usando do velho e enrugado dito popular, "antes tarde do que nunca".
Beijos moça e ótimo final de semana!
PS:Ana entregando sua identidade atraves do comentário...tsctsctsc

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...